Tratamentos

Tratamento de feridas simples

Feridas simples podem ser tratadas, na maioria das vezes, com medicamentos e curativos comuns. No entanto, uma avaliação sobre o processo de cicatrização deve ser sempre realizada por um profissional de saúde. De acordo com os estudos atuais, as feridas são um problema, que muitas vezes implica em despesas para os pacientes, cuidadores, profissionais e gestores de saúde. E, quando nos referimos à uma ferida de difícil cicatrização, o tempo de hospitalização aumenta, elevando os custos e as taxas de morbidade e mortalidade.

O desenvolvimento de uma ferida de difícil tratamento aumenta o tempo de hospitalização, eleva os custos e as taxas de morbidade e mortalidade³.

Tratamento de feridas complexas

Para o tratamento eficaz de qualquer tipo de ferida complexa, o primeiro passo é procurar profissional de saúde qualificado que possa avaliar a gravidade da lesão e prescrever o tratamento correto.

Antes de escolher o curativo adequado para o tipo de ferida, o profissional de saúde geralmente realiza uma avaliação clínica completa do paciente e das condições da ferida, levando em conta alguns aspectos, tais como: a causa da ferida; há quanto tempo o paciente tem essa ferida; o local, o formato, o tamanho e a profundidade da ferida, além de outros aspectos clínicos, emocionais e socioeconômicos.

Cada situação clínica exige um tipo específico de intervenção. Nos últimos anos, foram desenvolvidas novas técnicas e novos produtos para o tratamento de feridas. Atualmente, existem vários recursos disponíveis que podem contribuir para um tratamento efetivo, refletindo diretamente na diminuição do tempo de cicatrização de feridas complexas.

Entre as opções de tratamento de feridas complexas, existem curativos avançados, sistemas de terapia por pressão negativa e a oxigenoterapia hiperbárica, além de outras modalidades de tratamento.

Os curativos avançados são curativos com substâncias que promovem certas ações sobre uma ferida, melhorando o processo de cicatrização e fornecendo diferentes estímulos (ação antimicrobiana, manejo do odor e da secreção, hidratação, diminuição da aderência e compressão para insuficiência venosa)

A terapia para feridas por pressão negativa é um tratamento que, por meio de um curativo conectado a uma máquina, aplica pressão negativa sobre o local da ferida. Essa terapia remove materiais infecciosos, ajuda a potencializar a cicatrização de feridas e prepara o leito da ferida para o fechamento. Ela pode ser usada para tratar feridas causadas por pé diabético, escaras, fratura exposta que requeira cirurgia de grande porte para correção, úlcera venosa, queimaduras, lesões infeccionadas, entre outros problemas.

A oxigenoterapia hiperbárica é um método terapêutico no qual o paciente fica dentro de uma câmara hiperbárica e é submetido a uma pressão de duas a três vezes maior do que a pressão atmosférica ao nível do mar, respirando oxigênio 100% puro, proporcionando uma série de efeitos terapêuticos e ativação das células relacionadas à cicatrização de feridas complexas.

Redução do risco de complicações

Quando tratadas por profissionais de saúde especializados, com recursos apropriados, as feridas complexas têm grande chance de cicatrização completa e, portanto, diminuem consideravelmente o tempo de internação, o uso de medicamentos de alto custo, a troca de curativos, a frequência de novas internações e o tempo de afastamento do trabalho. Além disso, diminuem a probabilidade de complicações, as taxas de amputação, o risco de uma infecção, o risco de realização de cirurgias, e é acelerado o fechamento da ferida.

Qualidade de vida

O tratamento adequado dos pacientes, que acelera o processo de cicatrização, tende a melhorar a qualidade de vida em vários aspectos, entre eles a condição clínica geral, a cicatrização, podendo até mesmo salvar vidas, além de melhorar os aspectos emocional e social, diminuindo a dor, aumentando o amor-próprio e melhorando a interação social e o bem-estar.

Reintegração social

Uma ferida complexa pode impactar consideravelmente a interação social e a vida pessoal e profissional de uma pessoa, afetando até sua capacidade produtiva e psicológica, situações que podem excluir uma pessoa do trabalho e da interação social por um longo período. A pessoa pode perder a independência para as tarefas mais simples, como caminhar ou fazer a higiene pessoal. Com o tratamento adequado, pode ser possível retomar rapidamente as tarefas diárias e recuperar o nível anterior de integração social com parentes, amigos e colegas.

Diminuição do impacto socioeconômico

Além de impactar positivamente na melhora da saúde e socialização dos pacientes, o tratamento adequado de feridas complexas influência diretamente a sociedade, reduzindo os custos dos sistemas de saúde e do paciente, por reduzir o tempo de internação, as trocas de curativos, a quantidade de medicação e as horas de trabalho de profissionais especializados, além de permitir que os pacientes voltem mais rapidamente às suas atividades diárias.

³ FERREIRA, Marcus Castro; PAGGIARO, André Oliveira. Terapia de pressão negativa - vácuo. Jornal de Medicina, São Paulo, v. 89, nº. 3-4, pp. 142-146, dez. 2010.

4 Coltro OS, Ferreira MC, Batista BPSN, Nakamoto HA, Milcheski DA, Tuma Júnior P. Tratamento cirúrgico de feridas complexas: experiência de cirurgia plástica no Hospital das Clínicas da FMUSP. Rev Med (São Paulo). 2010 jul.-dez.;89(3/4):153-7.

Tratamentos inadequados podem causar infecções graves do tecido, podendo transformar uma lesão antes aguda em uma lesão crônica, retardando e complicando o processo de cicatrização4.

Com o tratamento adequado, pode ser possível retomar rapidamente as tarefas diárias e recuperar o nível anterior de integração social com parentes, amigos e colegas